Dicas para uma boa depilação!


 Estamos em pleno verão e a técnica de beleza mais utilizada é a depilação! Então vamos conversar um pouco sobre o assunto?

 Primeiramente, precisamos entender sobre o crescimento dos pelos. Os pelos passam por 3 fases de crescimento:


A fase anágena é onde os pelos encontram-se em crescimento, estão bem próximos a parede do folículo piloso e a depilação nesse período é mais dolorosa. Às vezes, o comprimento ainda não está completo e a cera não consegue puxar, fazendo-o quebrar.


A segunda fase é a catágena, nela o pelo está em seu comprimento máximo. Nesta fase, quando se faz a depilação o pelo sai com a bainha epitelial.


A última fase é a telógena, é quando um novo pelo começa a se formar e o antigo vai sendo empurrado até que caia sozinho. Cada pelo do nosso corpo tem crescimento independente, ou seja, cada um se encontra em uma fase de crescimento diferente.

Se você faz a depilação quando a maioria dos pelos estão na fase catágena, por exemplo, a depilação irá durar mais tempo. Mas se for na fase telógena logo os pelos novos vão começar a aparecer. Então, não culpem as depiladoras por sua depilação não durar muito! rs


 Agora vamos falar um pouco sobre os cuidados com a depilação. Uma boa depilação depende de um bom profissional e do seus cuidados.


Antes da depilação:

 Um dia antes evite a exposição solar;
 Se for viajar e fica muito tempo exposta ao sol, faça a depilação com pelo menos 3 dias de antecedência para evitar manchas na pele. Lembre-se: a pele morena tem mais chances de manchar;
 Pode-se fazer uma leve esfoliação para ajudar a desencravar os pelos. 


No dia:


 Evite passar hidratante ou óleo corporal para a cera aderir melhor e conseguir puxar o maior número de pelos;
 O calor dilata os poros facilitando a retirada dos pelos e diminuindo a dor, então também é indicado que faça após a sauna ou do banho quente.

Após a depilação:

 Hidrate bem a região ou faça uma sessão de hidratação corporal;
 Não tome sol e passe protetor solar;
 Evite usar roupas apertadas para evitar que os pelos encravem.

 A escolha de um bom profissional é essencial e verifique a higiene da sala e dos materiais utilizados. Se é a primeira vez que vai ao local peça para conhecer a sala, um profissional qualificado terá prazer de mostrá-la à você.


 O uso das luvas é bastante discutido entre os profissionais, pois muitos não conseguem trabalhar direito pois a cera gruda nas luvas, mas o ideal é que as usem. Depiladoras, esteticistas e manicures, todas deveriam usar sempre.
 O primeiro passo para uma boa depilação é fazer a assepsia da pele com um higienizante corporal. 
 Dica importante: além do profissional, vale passar um higienizante ou álcool em gel nas mãos da cliente, pois normalmente ela passa as mãos na região depilada após o término da sessão.

Depois escolher a técnica correta para cada região. Vamos conhecer algumas?


Uma das técnicas mais antiga é a cera quente, ela é ideal para depilação de virilha, axilas, mamas, peito e costas masculina. Ela é boa porque o calor da cera dilata os poros facilitando a retirada.
 Verifique se o profissional usa espátula descartável e se joga a cera no lixo após o uso porque elas podem (mas não devem) ser reaproveitadas. Como normalmente ela é usada em locais onde o pelo é mais grosso, pode causar um sangramento e contaminar a cera como também micoses de pele e até HPV. Por isso fique bem atenta, outra dica é verificar a textura da cera, ela deve estar em ponto de mel, quanto mais vezes ela foi reaproveitada mais grossa ela fica.



 A cera fria é muito utilizada e higiênica, porém um pouco mais dolorida.
 Ela é utilizada nas pernas ou para tirar o que sobrou dos pelos após o uso da cera quente, sua vantagem é que além de não ser reaproveitável, ela não causa flacidez, porém se utilizada seguidamente no mesmo local pode lesionar a pele.



 O roll-on teve seu boom nos anos 90, a cera é aquecida no próprio aparelho, porém sua temperatura morna não chega a dilatar os poros como a cera quente. Ela é indicada para pernas e braços e para quem tem pelos finos. 
 O método é diferenciado, por isso o profissional precisa ser qualificado, mesmo para este post foi difícil achar uma imagem com a aplicação na posição correta. Sim, a perna precisa estar dobrada para a aplicação da cera. Ah, esse também é um método bastante higiênico.



A depilação à fio (egípcia, iraquiana) é um método menos traumático para a pele, pois o fio deve puxar somente os pelos. É muito indicada para: sobrancelhas*, buço, barba masculina, para aquelas penugens na face. 
 É ideal para quem não abre mão da exposição solar ou faz uso de ácidos ou peeling.
*Para desenhar suas sobrancelhas o ideal é fazer com um designer, que estuda toda a proporção do seu rosto para fazer o desenho que fica mais harmônico, porém isso é um assunto para uma próxima matéria. 



 E a depilação australiana, utiliza uma cera especial a base de óleos essenciais, extratos de ervas e plantas, alfa-hidroxiácidos (AHA) que são regeneradores da pele e a levedura Beta Glucan que é um antioxidante.
 Essa cera não causa flacidez na pele, pois ela não gruda na pele, apenas nos pelos, sendo praticamente indolor e tem a textura mais fina que a cera quente e é utilizada quase fria. Fora isso ela consegue arrancar os pelos mais curtos de até 5mm de comprimento.
 Esse método chamado de Lycon é criação da esteticista australiana Lydia Jordane, que também possui vários cosméticos e ceras para as mais variadas funções, inclusive uma especialmente para depilação masculina.
É o método mais utilizado entre as celebridades como: Victoria Beckham, Uma Thurman, Demi Moore.

 Entre tantas técnicas ainda tem a depilação a laser, o creme depilatório e o creme que reduz o crescimento e o surgimentos dos pelos, mas falaremos disso em uma outra ocasião.
 O ideal é usar a técnica mais adequada para cada região do seu corpo. Por isso é essencial que você procure um profissional muito bem qualificado.



Espero que tenham gostado dessa matéria e até a próxima!

Comentários

Postagens mais visitadas

Parceiros - Confira as vantagens de ser nosso leitor!

.

.

Siga no instagram @quartofeminino