Calendário de Vacinação para Cães e Gatos

O post sobre Calendário de vacinação para Adultos da Sú é um dos mais acessados no blog. Pensando nisso, resolvi fazer um post de vacinação para pets, já que em algumas casas eles são tão membros da família quanto qualquer outro individuo.

 Lembrando que essas são somente dicas e o importante é você ter um médico veterinário de confiança para cuidar do seu animalzinho e que, além da vacina, são necessários outros cuidados (que serão assuntos para os próximos posts!).



Meu namorido é médico veterinário formado pela Universidade de Uberaba. Essas são os protocolos de vacina indicados por ele:

 Cães:

 Com 45 dias de vida é indicado a administração de vacina polivalente (V8 ou V10). Ela protegerá os cães de várias doenças graves, como a Parvovirose, Cinomose, Coronavirose, Hepatite infecciosa canina, Leptospirose e Gripe canina. São três doses com intervalo de 21 dias entre elas, totalizando no minimo 3 vacinas da polivalente. O reforço é feito anualmente em dose única.

A vacina anti rábica deve ser aplicada em animais com idade superior a 4 meses. O reforço é feito anualmente.

Existem vacinas que são recomendadas somente em áreas endêmicas da doença, por exemplo, a vacina anti Leishmaniose é liberada apenas para áreas onde existe esta enfermidade. Procure saber quais são as doenças comuns em sua cidade e consulte o veterinário sobre a existência de uma vacina para proteger seu animalzinho.

Vacinas contra Giardíase e Rinotraqueite são recomendadas para animais sensíveis ou que vivem em canis com outros cães.



Gatos:

A primeira vacina (V3 ou V4) é recomendada a partir das oito semanas de vida. Protege contra Rinotraqueite, Calicivirose, Clamidiose e Panleucopenia. Também são 3 doses com intervalo de 21 dias entre elas e depois do primeiro ano, somente uma dose anual.

A vacina anti rábica em gatos também deve ser aplicada a partir dos 4 meses com reforço anual.


Aqui estão os protocolos de vacina de cão e gato, mas caso você tenha um animal exótico consulte um veterinário especialista. Até coelhos tomam vacina!

Ter um cão ou um gato significa ser tutor de um ser vivo (não gosto da palavra DONO, acho que não somos donos de vida nenhuma. Prefiro a palavra TUTOR apesar de não empregar essa palavra no dia a dia da Clínica Veterinária), portanto toda a responsabilidade de sua saúde e bem estar depende de você! Ninguém é obrigado a ter um animal, mas depois que assumimos esse compromisso ele deve ser levado a sério. Eles nos trazem tanta alegria que acho que o mínimo que podemos fazer é mantê-los saudáveis, não é mesmo?



Comentários

Postagens mais visitadas

Parceiros - Confira as vantagens de ser nosso leitor!

.

.

Siga no instagram @quartofeminino