Homenagem ao artista plástico Gustavo Rosa


 No último dia 12/11, fiquei surpresa e muito chateada com a notícia sobre a morte do artista plástico Gustavo Rosa. No início do ano, meu filho fez um trabalho na escola sobre ele e entre uma pesquisa e outra acabei entrando em contato com ele, que foi super atencioso. Lembro dele ter dito que estaria ausente por um período por problemas de saúde, mas deixou o contato de sua secretária e ainda ficou à disposição para responder eventuais dúvidas que as crianças pudessem ter. 
 Por isso quis fazer esse post como uma singela homenagem à este grande artista.


 Justamente no final de semana que estava pesquisando com meu filho, fiquei sabendo que era o último dia da exposição "Arte com Arte", uma parceria entre Suzy Gheler e Gustavo Rosa, que aconteceu no Shopping JK Iguatemi em São Paulo.




 Corri para levar meu filho no mesmo dia e, apesar da pouca idade, ele reconhecia as telas de Gustavo Rosa que havia visto com o professor na escola e se divertia com as esculturas em tecido de Suzy Gheler, que reproduziu os personagens das telas. Foi muito divertido!




 Aliás, a alegria é uma das características mais marcante nas obras do artista, muito colorido, o lúdico e personagens do cotidiano. 


 

  Apesar de ter participado de exposições em Nova York, Japão, Paris, e atender clientes como Silvio Santos, Nizan Guanaes, Lu Alckmin, Lucília Diniz, Ana Maria Braga, Ratinho que encomendou uma obra em agosto e ficou inacabada. Em uma entrevista à revista Época ele falou: "Tenho certeza que muitas pessoas que veem meus quadros em Sai de Baixo (programa da TV Globo) nunca foram a uma galeria. Estou atingindo um público novo. Arte não deve ser para poucos. Quanto mais gente puder vê-la, melhor."

 E para terminar, a releitura que meu filho fez sobre sua obra e o lindo texto que ele deixou, para que fosse postado por sua secretária, caso ele partisse: 


 "Meus queridos amigos,

Peço-lhes licença pois vou me ausentar um pouquinho.

Inquieto como sempre fui, resolvi flanar em outras plagas e parto no caminho da luz.


Lá, vou alçar altos voos que serão tão leves quanto os traços que risco brancas telas, e tão vibrantes quanto as cores que transbordam da minha palheta.

Também serão tão lúdicos quanto as ironias dos personagens que crio e me farão encontrar, além de bons e velhos amigos, sonhos sonhados nas infinitas pinceladas da alma.



Deixo-lhes a alegria da minha obra e o agradecimento pelo convívio com cada um de vocês.

E a certeza de que em algum dia, no futuro, vamos nos encontrar novamente e brindar as belezas e alegrias dessa vida.

Beijos carinhosos,

Gustavo Rosa"


Conheça mais sobre o artista e sua obra em www.gustavorosa.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas

Parceiros - Confira as vantagens de ser nosso leitor!

.

.

Siga no instagram @quartofeminino