Etiqueta à mesa #02: Tipos de taças

No post anterior desta série "Organização da mesa" falamos pouco sobre as taças, então preparei este post para falar com mais detalhes.

Para começar, vamos conhecer as partes de uma taça. 


 Em uma mesa, as taças ficam sempre dispostas à sua direita na seguinte ordem:


Da esquerda para a direita: taça de água, taça de vinho tinto, taça de vinho branco e a taça de champagne, que também pode ficar logo atrás das taças para que seja feito algum brinde durante a refeição.


A taça de água é sempre a maior, pois é a bebida que mais consumimos durante a refeição. O ideal é que se tome alguns goles para "lavar" a boca antes de degustar algum vinho. Nesta taça também pode ser servido sucos e refrigerantes.


A taça de vinho tinto tem o bojo maior que a borda, para concentrar os sabores na ponta da língua.
Já a taça de vinho branco é um pouco menor para que não se perca o aroma (pois é um vinho menos concentrado) e e como ele é servido frio, serve-se em menor quantidade para não esquentar.


Taça de champagne ou espumante, é chamada Flûte. Ela é mais estreita para manter a efervescência (pois o caminho para os bolhas percorrerem é mais longo) e direcionar o aroma para o nariz.


Caso haja um licor, este será servido na taça menor e será a última taça à direita.

Dicas Extra


Não se deve encher as taças com o vinho, o ideal é preencher apenas 1/3 para que as pessoas possam girar o vinho, apenas o champagne pode ser preenchido até 2/3 da taça.

Sirva primeiro os vinhos brancos, depois os rosados e por último os tintos, para não comprometer o paladar.


Espero que tenham curtido as dicas de hoje, lembrando que não sou especialista no assunto, são apenas curiosidades que gosto de compartilhar com vocês. ;)

Dica de organização da mesa? Clique aqui

Comentários

Postagens mais visitadas

Parceiros - Confira as vantagens de ser nosso leitor!

.

.

Siga no instagram @quartofeminino