Outubro Rosa


Outubro chegou e com ele o movimento Outubro Rosa, que teve início em 1997 nos Estados Unidos e se estendeu pelo mundo afora.

Outubro Rosa - Cristo Redentor (Brasil), Torre Eiffel (França), Torre de Pisa (Itália), Cataratas do Niágara (Canadá-EUA)
É um movimento em combate ao câncer de mama, que é o tipo de câncer que mais mata mulheres aqui no Brasil. Mesmo sendo curável, ainda falta conscientização sobre a importância do diagnótico precoce, feito através do simples exame de mamografia.

Além da mamografia podemos detectar nódulos através do auto-exame que deve ser feito pelo menos 1x ao mês a partir dos 20 anos de idade. O ideal é que se faça de 7 à 10 dias após o início da menstruação. Mulheres na menopausa ou que não menstruam deve escolher um dia e fazer todos os meses. E as lactantes também devem fazer, de preferência após a mamada sempre no mesmo dia e horário. Vale lembrar que o auto-exame não substitui a mamografia, que é o único método de detecção precoce da doença.

Fonte: www.ibcc.org.br
No chuveiro ou deitada, coloque uma mão atrás da cabeça e com a outra vá deslizando os dedos indicador, médio e anelar em movimentos circulares por toda a mama. Repita o processo do outro lado.

Fonte: www.ibcc.org.br
Diante do espelho, olhe toda a mama com os braços abaixados, depois levante-os e observe se percebe alguma mudança no contorno das mamas ou nos mamilos. Depois coloque as mãos na cintura pressionando-as, e observe novamente as mamas.

Fonte: www.ibcc.org.br
Por último, pressione delicadamente os mamilos e verifique se há alguma secreção ou alteração.

Para terminar esse post vou falar sobre uma experiência pessoal  que talvez, possa servir de alerta para todas vocês, acho até que já falei sobre isso em outro post, mas vale relembrar. Eu sempre fiz meus exames periodicamente, mas depois que me tornei mãe acabei me descuidando com a desculpa de colocar sempre meu filho em primeiro lugar. E deixei passar um pequeno "carocinho" atrás da orelha que mais parecia um cisto sebáceo, não doía e aparentemente não crescia.

Foi até, meio sem querer, que acabei descobrindo que se tratava de um tumor de parótida e já estava grande, pois pois deixei passar anos desde que apareceu, por isso a cirurgia seria um pouco mais complicada e eu teria que ficar dias internada no hospital. Foi então que minha ficha caiu e eu percebi meu erro, eu não me cuidei e agora meu filho teria que ficar sem a mãe por alguns dias.


Aprendi que cuidar de mim não é egoísmo e sim mais um ato de amor ao meu filho, pois eu faço questão de estar sempre ao seu lado. Por isso, se você também quer estar sempre ao lado de quem ama, cuide-se, faça por você e por aqueles que ama! ;)


Essa não é uma campanha apenas para mulheres, mas para todos aqueles que tem têm uma mulher especial em sua vida, seja ela sua filha, mãe, avós, irmãs, esposa, amigas e com certeza todos temos!

E você, já fez seu exame?

Comentários

Postagens mais visitadas

Parceiros - Confira as vantagens de ser nosso leitor!

.

.

Siga no instagram @quartofeminino