Mini Mundo - Gramado - RS

Como vocês viram no post passado (clique aqui) nosso passeio em Gramado foi bem corrido, então desde que chegamos na cidade, tentamos aproveitar ao máximo.

Fotos retiradas da internet
No primeiro dia chegamos na cidade por volta das 14hs, fomos até a pousada, deixamos as malas e fomos almoçar. Seguimos direto na Rua Coberta (Rua Madre Verônica), onde há algumas opções de restaurante.


Ah, aqui vai uma curiosidade: os lanches e as porções de lá são ENORMES, veja o tamanho da porção de batata. Pedi um mini X-Burguer e veio do tamanho normal de um lanche daqui. Já o tamanho normal de lá, é quase o tamanho de um beirute daqui!


A Rua Coberta fica de frente para onde acontece o Festival de Cinema de Gramado e o cheirinho de pipoca com manteiga é tentador! rs



Depois seguimos direto para o Mini Mundo - www.minimundo.com.br
Rua: Horácio Cardoso, 291.
Aberto diariamente das 9:15 às 17h.


O local é pequeno e tudo a céu aberto, ou seja, não é indicado para os dias de chuva. Aliás, essa já pe uma curiosidade, todas as réplicas foram construídas com materiais resistentes às variações climáticas do local.


Olha só o Museu Paulista, ou Museu do Ipiranga, como é conhecido popularmente. Para quem conhece, pode reparar que tudo é feito com a maior perfeição.



Nesta foto dá para ver praticamente o tamanho do local, mas as crianças adoram, meu filho ficou encantado com as estações de trens! Todas as réplicas são 24 vezes menores que o tamanho real.


Este é a miniatura do Castelo de Neuschwanstein, construído pelo rei Ludwig II, na região da Baviera, sul da Alemanha. Outra curiosidade: este castelo hoje é um museu aberto à visitação e foi fonte de inspiração de Walt Disney para o castelo da Bela Adormecida.


No Aeroporto Internacional de Bariloche há um vulcão ativo. rs


E foi dentro deste bule que descobrimos outra curiosidade....


A réplica da escada de Santos Dumont! Nessa eu cairia diariamente, com certeza! hahaha

Saindo do Mini Mundo fomos até o Lago Negro.


O Lago Negro fica na Rua A. J. Renner no Bairro Planalto.


Uma curiosidade, antigamente este local chamava-se Vale do Bom Retiro, após um grande incêndio, Leopoldo Rosenfeldt construiu um lago em 1953, decorando suas margens com árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha.


Por isso o nome de Lago Negro, aliás nós achávamos que era um "big" lago, mas é bem pequeno, onde podemos andar de pedalinho.


E lembra que eu falei das mudanças climáticas por lá, veja só a neblina que se formou em 30 minutos de passeio.

Depois disso voltamos ao centro de Gramado para conhecer um pouco mais a cidade. Já o nosso segundo dia foi em Canela, não deixe de ver no próximo post.
Até lá!

Comentários

Postagens mais visitadas

Parceiros - Confira as vantagens de ser nosso leitor!

.

.

Siga no instagram @quartofeminino