Visagismo e corte de cabelo

Quando falo que sou visagista, o que mais escuto é: "Qual tipo de corte combina com meu rosto?" "Tenho muita vontade de cortar curto, mas não sei se combina."

Erroneamente, as pessoas acreditam que o visagismo se define em uma simples técnica de harmonização entre formato de rosto e corte de cabelo, ou seja, deixar esteticamente harmônico. Mas o trabalho do visagista vai muito além, pelo menos, os visagistas que seguem o método Philip Hallawell.




Segundo Philip Hallawell: "Visagismo não é uma simples técnica, não é medição, é proporção... O visagista precisa descobrir o que a pessoa deseja expressar e saber transformar esse desejo em uma imagem com harmonia e estética. Se você não descobrir o que a pessoa quer expressar, você não fez visagismo!"
Então, vamos lá! Não existe um corte certo para cada tipo de rosto, mais importante que isso, deve ser: Quem é você? E o que você deseja expressar?


Por exemplo, meu rosto é hexagonal, tenho os ângulos dos maxilares marcados e cortes nesse comprimento muitas vezes evidenciam esses ângulos, mas eu sempre gostei desses ângulos no meu rosto. Esse formato de rosto expressa força, extroversão, dinamismo, e eu sou uma pessoa de personalidade forte.

Mas eu preciso dosar essa força, porque eu trabalho diretamente com as pessoas e não posso ter uma imagem muito dura, fria, ou transmitir inflexibilidade, porque causaria distanciamento das pessoas. Isso acontece com cortes em linhas retas, como o chanel, como o professor Philip diz: "É o verdadeiro capacete, porque ele fecha a pessoa."




Então, o meu corte é mais curto na nuca, fazendo uma linha diagonal em direção ao rosto, essa linha tem o propósito de transmitir dinamismo, movimento. Nesta foto eu ajeitei para mostrar o corte, mas normalmente eu uso ele mais bagunçadinho, a não ser quando preciso de concentração, aí deixo desse jeito.

O visagismo é isso, você usar sua imagem com um propósito, uma intenção, mas sem deixar de ser quem é. Você só cria uma imagem positiva se ela for autêntica, condizente com suas atitudes.


Cada pessoa é única, nos seus traços, na sua personalidade, na sua profissão, nos seus relacionamentos, tudo isso é levado em consideração em uma consultoria. E afeta não só as pessoas ao redor, como ela própria, por isso toda mudança na imagem deve ser muito bem estudada.

Gostaram das dicas?
Saiba mais sobre visagismo clicando aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas

Parceiros - Confira as vantagens de ser nosso leitor!

.

.

Siga no instagram @quartofeminino